Selecione a página

Joyce Moreno se apresenta no Sesc

Cantora apresenta o show “Rio” ou “Tudo” em Araraquara

Joyce Moreno dispensa apresentações. Com cerca de 400 gravações de músicas autorais, a cantora, compositora, arranjadora e instrumentista carioca desembarca no Sesc Araraquara para apresentar o show “Rio” ou “Tudo”, dois trabalhos feitos por ela que ainda não foram lançados no Brasil.
O primeiro CD, “Rio”, gravado apenas com voz e violão, Joyce homenageia sua cidade com canções temáticas, que vão de Tom Jobim a Noel Rosa, de Paulinho da Viola a Caetano Veloso. O repertório deste CD nasceu num show que Joyce apresentou em 2010, ao ar livre, na praia de Ipanema.
O segundo, gravado em 2012, é “Tudo”, é o primeiro CD totalmente autoral de Joyce em 10 anos. O título do CD (mesmo nome da faixa que fecha o disco) remete à diversidade de gêneros musicais presente no repertório – samba, galope nordestino, jazz, choro, bossa-nova clássica – e à percepção, expressa na letra da faixa-título, de que “tudo é uma canção”. Um disco de canções inéditas, portanto – esta cada vez mais rara forma de arte. Oito das 13 faixas têm letra e música de Joyce, mas algumas parcerias também estão presentes – com parceiros mais habituais, como Paulo César Pinheiro (‘Quero Ouvir João’e ‘Dor de Amor é Água’) e Zé Renato (‘Pra Você Gostar de Mim’), e as novíssimas parcerias com Nelson Motta (‘Estado de Graça’) e Teresa Cristina (‘Sem Poder Dançar’).
A bagagem de Moreno é extensa. Suas músicas foram interpretadas por grandes nomes da música brasileira, como Elis Regina, Maria Bethania, Monica Salmaso, Gal Costa, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Edu Lobo, Zizi Possi, Simone e muitos outros. Internacionalmente, tem sido gravada por nomes de peso, como Annie Lennox, Wallace Roney, Black Eyed Peas, David Sanchez, Till Brönner, Flora Purim e entre outros. Suas composições foram utilizadas em trilhas sonoras de filmes, como “O Jogador”, de Robert Altman, e “Legalmente Loira”, animações, como o do anime japonês “Wolf’s Rain”, em parceria com a compositora japonesa Yoko Kanno, em programas de TV e em espetáculos teatrais. Sua marca registrada foi, desde o início da carreira, a linguagem feminina na 1ª pessoa, no que foi pioneira: foi a primeira compositora brasileira a se expressar desta forma na história da MPB, abrindo caminho para um sem-número de outras criadoras que viriam depois.
Ao longo da carreira, recebeu quatro indicações ao Grammy Latino e tem até o momento 34 CDs e 2 DVDs individuais, além de compilações e participações. Atualmente, seu trabalho segue também na trilha internacional, com turnês mundiais a cada ano e gravações de novos discos em diferentes países, sem perder nunca sua identidade brasileira-feminina. Apresenta-se anualmente no circuito Blue Note, no Japão, e em festivais de jazz e em turnês na Europa, Estados Unidos e Canadá.
Joyce Moreno se apresentará hoje, às 20h, no Teatro do Sesc. Os ingressos já estão à venda pela Rede Sesc de ingressos. Os valores são: R$ 5,00 (comerciários e trabalhadores em empresas do comércio de bens, serviços e turismo); R$ 10,00 (usuários matriculados, professores da rede pública de ensino, estudantes com comprovante, menores de 18 anos e pessoas acima de 60 anos); e R$ 20,00 (inteira). Classificação etária: Livre.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade