Select Page

Falcão mantém silêncio sobre morte de Yuka, ex-parceiro n’O Rappa



Ex-baterista e um dos fundadores da banda morreu na sexta-feira (18)

Falcão mantém silêncio sobre morte de Yuka, ex-parceiro n’O Rappa

O músico Marcelo Falcão, ex-vocalista d’O Rappa, ainda não se pronunciou nas redes sociais sobre a morte de Marcelo Yuka, ex-baterista e um dos fundadores da banda. A última publicação de Falcão em seu Instagram foi ontem, comemorando uma matéria do jornal “O Globo” sobre o seu disco novo. Em sua biografia “Não se Preocupe Comigo” (Editora Primeira Pessoa), lançada em 2014, Yuka falou sobre sua relação com o ex-parceiro de banda e chegou a escrever que “Falcão não entende o que está cantando”.

No livro, Yuka também contou sobre sua expulsão d’O Rappa, logo depois de ter sido baleado e ficado paraplégico. “Eu montei a sonoridade d’O Rappa. Pode soar prepotente, mas é a verdade, sei o que fiz. (…) Falcão faz melodias maravilhosas. E, para mim, é um grande ator. Como tal, ele interpretou coisas que eu disse e sei que, até hoje, não entende o que está cantando. Aliás, na grande maioria das músicas, ele nem sabe o que tem ali”, diz um trecho.

O corpo de Yuka está sendo velado neste sábado (19), na Sala Cecília Meireles, na Lapa, Rio de Janeiro. Ele morreu na sexta-feira (18), aos 53 anos, após ficar semanas internado, com complicações de um AVC (acidente vascular cerebral).

O velório é aberto ao público. Segundo informações do UOL, o enterro está sendo planejado para a manhã deste domingo, ainda sem horário definido, no cemitério de Campo Grande, onde a família de Yuka tem um jazigo.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos