Select Page

Exposição de pintura da AEPCD



A exposição ocorreu nesta quinta-feira (14) e foi a primeira que o Centro de Artes e Ofícios Judith Lauand sediou.

Mostra de quadros na Assessoria Especial de Políticas para Pessoa com Deficiência fica aberta até o dia 20Na tarde de quinta-feira (14), o prefeito Marcelo Barbieri prestigiou a solenidade de abertura da exposição Momento Cultural, a primeira do Centro de Artes e Ofícios Judith Lauand, que fica na Vila Xavier, próximo ao Sesi.

A exposição seguiu ontem para a sede da Assessoria Especial de Políticas para Pessoa com Deficiência (AEPCD), na Rua Carvalho Filho (Rua Zero), no Centro, onde permanecerá aberta até quarta-feira (20), das 9h às 17h, com entrada gratuita.

A mostra apresenta 30 trabalhos de alunos que concluíram o curso de pintura em tela, ministrado dentro do projeto Ateliê Aberto, entre novembro de 2010 e março agora, e promovido pela própria AEPCD, órgão da Secretaria Municipal de Governo.

O prefeito Marcelo elogiou a iniciativa da EPCD em promover o curso e ressaltou os trabalhos apresentados pelos alunos com deficiência. “Projetos como este integram as pessoas por meio da arte”, afirmou.

A secretária municipal da Cultura, Euzânia Andrade, ressaltou que o curso demonstra a importância da arte, que “precisa estar em todos os lugares”. Euzânia explicou que o Centro de Artes e Ofício Judith Lauand, inaugurado em dezembro último, anexo à Oficina Cultural Lélia Abramo (órgão do Estado), veio com a proposta de promover vários cursos, como já ocorre atualmente.

Também o vereador Lucas Grecco elogiou a exposição e a disposição dos alunos com deficiência em participar do curso de pintura. “Trata-se de um movimento artístico muito importante para toda a cidade”, resumiu.

Oportunidade
De acordo com a assessora da AEPCD, Elisa dos Santos Rodrigues, o Centro de Artes e Ofícios foi escolhido para a abertura da exposição para “chamar a população para conhecer o local”.

Elisa explicou que o curso do projeto Ateliê Aberto foi idealizado em novembro de 2010, a partir da primeira exposição na AEPCD de Alexandre Luiz Antonio, um dos dez concluintes do curso de pintura.

O prefeito Marcelo fez questão de cumprimentar cada um dos estudantes que concluíram o curso. “Quem tem o dom artístico precisa de oportunidades para desenvolver o seu trabalho”, acrescentou.

Marcelo destacou ainda as políticas públicas de sua administração para com as pessoas com deficiência. “Em todas as nossas obras públicas exigimos a acessibilidade, porque todos precisam ter garantido o direito de ir e vir”, ressaltou o prefeito.

Diferenças
Uma das alunas que concluiu o curso, Zuleica Coletti, que morava em São Bernardo do Campo (na Grande São Paulo) e há menos de um ano mora em Araraquara, elogiou a atual política para deficientes no município.

“Em São Bernardo há filas para todos os serviços oferecidos (aos deficientes), enquanto aqui é excelente”, afirmou dona Zuleica, que está com quatro quadros expostos na mostra.

Zenilson Serrano garantiu que a oportunidade oferecida pela AEPCD foi como “um trampolim” para sua evolução. “Até para mudar meu comportamento emocional”, resumiu Zenilson, que está com três quadros na mostra.

Também participam da exposição Sidiko Garcia, Maridia Cristina Marçola, Sandra Lúcia Leandro da Silva, Naracy Passetto, Marcos Gomes, Maria Angelina Guidolli, Cristina Silva e Wendel. Essa de alunos turma foi orientada pelo professor de artes Conrado Checchi.

Prestigiaram também a abertura da exposição o secretário de Governo Luiz Zaccarelli, e o coordenador do OP (Orçamento e Participação Para Todos) Marcos Daniel, entre outros representantes do governo e alunos da APAE Araraquara.

Características
O projeto Ateliê Aberto envolve a criação e a manutenção de um espaço voltado para pessoas com deficiências para que elas possam vivenciar o produzir artístico de maneira livre e espontânea, bem como entrar em contato com diferentes tipos de artes e técnicas.

As atividades do espaço são coordenadas conforme as deficiências com o objetivo de elevar a auto-estima e estimular a criatividade dos alunos, eliminando fronteiras e barreiras para o entendimento inclusivo.

Novas turmas para aulas de artes plásticas serão abertas no segundo semestre deste ano. O telefone da AEPCD é o (16) 3332-7253.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos