Selecione a página

Coletivo Brasil tem data marcada para acontecer em 2019

Coletivo Brasil tem data marcada para acontecer em 2019

São quatro anos de atividades na cidade de Torres Vedras, em Portugal. O projeto, que começou após uma exposição do artista e curador brasileiro Lauro Monteiro por lá, apresentou diversas linguagens artísticas ao público lusitano, além de expor trabalhos de artistas de diversos municípios do Brasil como Araraquara, Ribeirão Preto/SP, Franca/SP, São Carlos/SP, São Paulo e ABC paulista, além de Curitiba/PR, Rio de Janeiro e Paraty/RJ.

Após realizar uma exposição por lá, a convite do arquiteto português André Duarte Baptista, Monteiro apresentou uma proposta de parceria público-privada à Prefeitura Municipal local de levar artistas brasileiros para uma série de atividades, à cidade, que fica na região de Lisboa. Desde então, foram expostos trabalhos em Portugal trazendo desenho, aquarela, pintura, gravura em metal, xilogravura, linóleogravura, colagem, livro de artista, fotografia, vídeo-arte, vídeo-texto, documentário, literatura (poemas) e arte têxtil. Cerca de 40 artistas tiveram seus trabalhos expostos na terrinha.

E o sucesso do Coletivo Brasil fez com que a quinta edição do projeto já tenha data marcada. A abertura será no dia 04 de novembro de 2019 e ocupará a galeria Municipal Paços, como vem fazendo desde 2015, até o dia 25 de novembro. Além de mais uma edição do projeto, os trabalhos do artista plástico e curador do Coletivo, Lauro Monteiro, foram ampliados.

Ampliação na Ponta do Lápis

Todos os anos trabalhando em Portugal, Monteiro reúne desenhistas brasileiros para o 5°Encontro Internacional de Desenho de Rua, que acontece na mesma época do Coletivo Brasil e para encontros extras com artistas portugueses em Torres Vedras e Lisboa. Esta atividade – “Sketchtour Portugal – Na Ponta do Lápis”, reúne interessados em artes e desenho de observação e criação.

“Neste ano, ampliei tais atividades que irão acontecer em Lisboa, com o ilustrador e sketcher Luiz Miguel Frasco. Em Torres Vedras, uma vivência de aquarela com o mestre António Bártolo e Olga Neves em ilustração. Ocuparemos os ateliers destes artistas. Na praia de Santa Cruz, uma oficina com o mestre José Manuel Ferreira. Para tornar mais estimulante estas atividades preparei um “esquenta” para o Encontro Internacional com 3 atividades em aquarela com o artista plástico de Ribeirão Preto que estará em residência artística, Beto Cândia pelas ruas da cidade”, contou o artista plástico araraquarense radicado em Paraty/RJ.

A proposta desta atividade turística-cultural possibilita uma viagem diferente, uma vez que é aberta a todos que gostam de desenho, numa vivência e experiência que difere das viagens turísticas que estão no mercado.

Serviço:
Coletivo Brasil 2019
Exposição e oficinas de artes visuais
De 04 a 25 de outubro de 2019
Local: Galeria Paços – Praça do Município, Torres Vedras/Portugal

Sketchtour Portugal- Na Ponta do Lápis
Roteiro turístico-cultural em Portugal com vivências em artes visuais
De 24 de outubro a 8 de novembro de 2019
Locais: Lisboa, Praia de Santa Cruz e Torres Vedras

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade