Selecione a página

Cia. Cais do Porto abre temporada de apresentações teatrais

“Muzimba (…)” apresenta uma livre adaptação de contos do autor Mia Couto, sendo o primeiro projeto de direção compartilhada da Cia. Cais do Porto. Com a direção geral de Fábio Lucca, os atores que compõem a montagem experimentam a direção dos quatro contos do autor moçambicano Mia Couto. Assim, cada diretor é responsável pela adaptação […]

“Muzimba Nossa Voz”, com a Cia. Cais do Porto – espetáculo que surgiu do Projeto de Ocupação do Palacete das Rosas Paulo A.C. Silva – reestréia neste domingo (06), às 20 horas, no próprio Palacete, no Centro de Araraquara. Os ingressos são gratuitos e limitados e serão entregues 15 minutos antes do início da apresentação.

“Muzimba (…)” apresenta uma livre adaptação de contos do autor Mia Couto, sendo o primeiro projeto de direção compartilhada da Cia. Cais do Porto. Com a direção geral de Fábio Lucca, os atores que compõem a montagem experimentam a direção dos quatro contos do autor moçambicano Mia Couto. Assim, cada diretor é responsável pela adaptação e direção de seu conto: “Gaiola de Moscas” apresenta a atriz Carol Gierwiatowski, “Na esteira do parto” conta com Mari Abreu, “O homem da rua” traz Neila Dória, enquanto “Os negros olhos de Vivalma” é destinado a Zé Guilherme. A equipe conta ainda com a atuação, sonorização e cenotecnia de Dado Marcondes, Filipe Santos, Ignacio Perez Vergara, Jéssica Maia e Paula Marcondes.

A junção destes quatro contos cria uma atmosfera cômica e mórbida ao mesmo tempo, convidando o espectador a adentrar um universo onde o riso, ao avesso, representa a resposta aflitiva de um corpo que se depara com as situações mais insólitas e adversas presentes no cotidiano das figuras ali expostas.

O processo criativo foi conduzido por métodos de direção coletiva, através de estudos baseados em études e workshops organizados pelos próprios atores, incentivados por provocações imagéticas, sonoras, textuais ou sensitivas, provenientes da direção geral, além de um diálogo cênico com a comunidade sobre o tema da apropriação cultural.

“Tendo como norte a sensibilidade de um ‘escritor da terra’ que explora sua relação umbilical com ela e fala das raízes do mundo explorando a própria natureza humana, buscamos incorporar sua obra pensando temas da existência como a dor, a solidão e o amor”, revela o diretor, Fábio Lucca.

O secretário municipal da Cultura, Ge Negrão, parabeniza os atores da Cia. Cais do Porto pela dedicação na montagem deste trabalho. “É importante para toda a cidade ver nossos atores sendo estimulados e produzindo seus trabalhos. A Secretaria Municipal da Cultura e Fundart sentem-se honradas com a confiança depositada pelo grupo e, por isso, é um prazer receber o público para mais um espetáculo resultado da Ocupação do Palacete das Rosas”.

O espetáculo “Muzimba Nossa Voz”, além da estréia neste dia 06, também será reapresentado nos dias 13 e 27 de novembro, e 04 de dezembro, sempre às 20 horas, no Palacete das Rosas, que está localizado à Rua São Bento, 794, no Centro da cidade (ao lado da Prefeitura). Cabe ainda destacar que, a Cia. Cais do Porto, nos dias 17 e 18 de novembro, apresenta o espetáculo “O Engraxate”, às 20 horas, no Teatro Wallace Leal Valentin Rodrigues.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade