Selecione a página

Bohemian Rhapsody: destaque do Globo de Ouro

Bohemian Rhapsody: destaque do Globo de Ouro

Contrariando as previsões, o filme Bohemian Rhapsody, sobre a vida do cantor do Queen, Freddy Mercury, foi o grande vencedor do 76º Globo de Ouro, levando o troféu de Melhor Filme Dramático.

Com apenas duas indicações muito dos discursos ouvidos pelos vencedores que martelaram na tecla da necessidade de união entre as pessoas e ainda abrangendo uma representação para um personagem gay (o cantor Freddie Mercury), que, dado como minoria, uniu povos e culturas, por meio do talento na música.

O troféu de Melhor Ator foi para Rami Malek, que interpretou a estrela de um dos mais lendários grupos de rock do mundo. Em seu discurso de agradecimento, ele dedicou o prêmio a Freddie Mercury, que morreu vítima do HIV em 1991, pelo papel que o consagrou. “Eu te amo, você é um homem incrível. Tudo o que está acontecendo é graças a você”, declarou.

Malek também se dirigiu ao guitarrista do Queen, Brian May, e ao baterista Roger Taylor, presentes na premiação, dizendo que ambos foram fundamentais para que a equipe pudesse reconstituir com fidelidade a trajetória do grupo, contada no filmes através das canções e dos shows que marcaram a história de uma das bandas mais populares dos anos 80. Graham King, produtor do filme Bohemian Rhapsody, também deixou uma mensagem para o cantor Freddie Mercury: “Obrigado por terem mostrado a importância do fato de aceitar a si mesmo”, declarou. O filme desbancou o favorito Assim Nasce uma Estrela, com a cantora Lady Gaga. (Informações G1)

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade