Selecione a página

Beleza oficializada

O ingresso para o show dos concursos é gratuito, mas é obrigatória a doação de um quilo de arroz ou de feijão, no ato de retirada

Célia Pires
No dia 7 de fevereiro, a partir das 19 horas, o Teatro Municipal de Araraquara vai ser palco pela primeira vez da segunda edição do concurso Miss Gay e Miss Transexual. Os ingressos, que serão gratuitos, deverão ser retirados antecipadamente no próprio teatro a partir desta terça-feira, 27. Também será obrigatório levar um quilo de arroz ou de feijão no ato da retirada. A informação é do assessor da Diversidade Sexual, Paulo Tetti, que ressalta que os candidatos interessados em participar deste evento cultural LGBT podem se inscrever até o dia 27 deste mês.
O gay tem que ser um gay,nem travesti ou transexual, pois irá concorrer como a melhor forma feminina. Já o travesti e a transexual serão avaliados as curvas, hormônios, silicone e, lógico, a beleza.
O evento contará com várias atrações como o cantor Rodrigo Collin, Tayra Moon, Victoria Vipper, Dafyny Mullers, Cindell Vipper, Gabanna Dee, além do Grupo Teatral 4i.
“O cerimonialista será Chico de Assis e os apresentadores serão eu, Tayra Moon e Wilton Vital”, diz Paulo, acrescentando que tem vários apoiadores patrocinadores como a prefeitura de Araraquara, Morada do Sol Eventos e Turismo; Atlética Mané Garrincha, da Unesp, Cristal Padaria, entre outros. “Serão 21 jurados”, diz ele, que destaca o tema do evento, que neste ao será a Lei 8.055/13, aprovada pela Câmara dos Vereadores, permitindo a inclusão do nome social de travestis e transexuais em todos os órgãos municipais. “Elas vão entrar com a camiseta do tema”, completa.
Quanto a esse tipo de concurso, o assessor deixa claro que na verdade é uma cultura da população LGBT e acontece em São Paulo, no Brasil e no mundo todo e é muito disputado para dar visibilidade para as travestis e transexuais.
Respeito
Segundo Paulo Tetti, um dos objetivos do concurso é levantar a auto-estima dessas pessoas, para mostrar para as pessoas que estão assistindo que é preciso respeitar as travestis e transexuais. “Além disso, as pessoas gostam de ver nesse tipo de evento a transformação, como trabalham na maquiagem, no cabelo, na peruca, os acessórios. Tudo isso tem um custo e elas gastam muito dinheiro. A plateia vai ver como é bonita a transformação de um gay se transformando em mulher e de uma travesti”, explica.
Vale lembrar que o concurso é oficial, ou seja, vem de São Paulo para Araraquara e garante que a primeira ganhadora do Miss Gay e a primeira do Miss Trans vai concorrer no Miss São Paulo Gay e no Miss Trans São Paulo. “Se uma delas ganhar vai estar representando Araraquara no Miss Brasil Gay e Miss Brasil Trans e, se ganham, no Miss Universo”.
Para fazer a inscrição, o candidato precisa acessar o face da entidade, www.facebook.com/araraquarasempreconceito . Neste endereço eletrônico é encontrada a ficha de inscrição que, após ser preenchida, tem que ser encaminhada para o email diversidadesexual@araraquara.sp.gov.br. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 99735-7472.
A primeira Miss a gente nunca esquece
A impressão que Vanessa Lautenschlager teve por ter sido a primeira Miss Transex de Araraquara é que nunca vai perder esse titulo. “Eu participei do concurso para provar para mim mesma até aonde eu conseguiria chegar com o meu padrão de beleza. Não foi muito longe, mas ganhei o concurso! Valeu muito a pena, foi mais um degrau que eu subi, mais um passo que eu dei na minha vida e fez muita diferença”, conta.
Vanessa diz que, infelizmente, não vai levar consigo o momento da coroação por que, na hora, algumas pessoas não aceitaram que ela fosse a vencedora. “Acabaram estragando a comemoração, mas nada muito grave que me faça desistir ou cair. Eu contribuí bem pouco, gostaria muito de ter contribuído mais. Participei de palestras em CRAS de alguns bairros que eu não fazia ideia de como eram. Em uma palestra no CRAS do Hortências, uma senhorinha idosa e evangélica segurou na minha mão, me deu um beijo no rosto e me disse: ‘Que Deus te abençoe muito, você é muito linda’, e saiu sorrindo. Eu nunca mais vou esquecer disso, e gostaria muito que algumas pessoas soubessem que na maioria das vezes, de quem a gente menos espera vem um gesto de bondade tão grande, que levamos para o resto da vida”, destaca.
Vanessa conta que sua expectativa para o dia do concurso é que ocorra tudo bem, que tudo saia perfeito. “Que as candidatas saiam de lá felizes, independente se ganharem ou perderem. O conselho que eu tenho é que tenham muita calma e que vença a mais bonita”, conclui.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade