Select Page

Araraquara Rock 2018: sucesso de público e crítica



Aproximadamente 8 mil pessoas passaram pela Praça Scalamandré no domingo

Araraquara Rock 2018: sucesso de público e crítica

A cidade viveu o rock’n roll nos últimos dias com a 17ª edição do Araraquara Rock. Com quatro dias de shows, o público prestigiou as apresentações realizadas no Sesc Araraquara, Teatro de Arena Prefeito Benedito de Oliveira e Praça Scalamandré Sobrinho.

A alteração do palco para os shows da última noite, certamente foi um dos grandes acertos da comissão do evento: a Praça Scalamandré ficou lotada para a apresentação do Angra, um dos maiores nomes do metal mundial. Aproximadamente 8 mil pessoas passaram pela Scalamandré no domingo, recorde de público do Araraquara Rock.

Indo do pop-rock ao death metal, juntando e misturando descendentes orientais, africanos, indígenas, europeus, numa celebração à diversidade cultural e étnica no rock brasileiro, o evento teve como tema “Riffs de Todas as Cores” e agradou o público presente.

Os shows, todos os dias, tiveram grande número de público, inclusive com diversas caravanas vindo de todo o Estado. A abertura no Sesc Araraquara, com a banda Inocentes, já serviu de termômetro para medir a animação do público. Outro destaque do evento foi o mestre de cerimônias, Bruno Sutter (“Massacration”) que surpreendeu e agitou o público com suas performances e sacadas.

Foram quatro dias de shows musicais para celebrar o Dia Internacional do Rock, comemorado em 13 de julho. Esta edição de 2018 certamente coloca o Araraquara Rock como um dos principais eventos de fortalecimento e difusão cultural na cidade.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos