Select Page

Temer desacreditado coloca o Exército para conter a greve dos caminhoneiros



José A C Silva A greve dos caminhoneiros e o enorme prejuízo que isto está causando ao povo brasileiro levantam um problema que muitas autoridades pretendem jogar para baixo do tapete: a altíssima dependência do Brasil em relação ao preço internacional do barril de petróleo e da alta do dólar. A Petrobras só serviu para […]

José A C Silva

A greve dos caminhoneiros e o enorme prejuízo que isto está causando ao povo brasileiro levantam um problema que muitas autoridades pretendem jogar para baixo do tapete: a altíssima dependência do Brasil em relação ao preço internacional do barril de petróleo e da alta do dólar. A Petrobras só serviu para engordar seus altos funcionários, políticos e empreiteiros. Onde foi parar todo o dinheiro desviado da suposta estatal?

O brasileiro sempre foi enganado por propagandas da Petrobras que é uma empresa de capital aberto (sociedade anônima), cujo acionista majoritário é o Governo do Brasil (União), sendo, portanto, uma empresa estatal de economia mista. O que ela fez por você, por acaso você compra combustível barato?

Até pouco tempo, mediante os inúmeros poços perfurados no país, a única desculpa encontrada por nossos dirigentes para justificarem os preços altíssimos dos combustíveis e que o nosso petróleo não presta, precisando importar de outros locais do planeta. O petróleo da Venezuela é bom e o do Brasil é ruim. A cana de Cuba é boa e a nossa não presta. E o gás que não para de subir?

A desculpa é que o Diego Morales subiu o preço – como fica o Campo de Tupi, na bacia de Santos, que é rico em petróleo e gás. Estima-se que por volta de 38% do mercado de botijão de gás passe pela mão de revendedores ilegais, um problema de segurança pública, afinal os riscos levados ao consumidor são muitos – desde a compra de um botijão que não esteja totalmente cheio até uma peça com válvulas fora de validade e o aumento de preço.

Disponível nas regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre. O pior de tudo isto é que o Brasil foi afundado pelos nossos dirigentes, ainda apoiados pelos maravilhosos ministros da justiça, como Gilmar Mendes.

Falando a respeito de justiça e leis, se de fato elas valessem, 80% dos políticos estariam na papuda. Vemos os supostos donos da verdade criticando donos de empresa de transportes que estão apoiando a greve e outros empresários: “Estão pagando e dando alimentação para apoiarem a greve”. Há muito tempo o pequeno empresário vem sendo massacrado, aquele que tem apenas um caminhão o termo massacrado é pouco para relatar o seu sofrimento. Felizes são os funcionários públicos, muitos deles ganham mais que um presidente da república “honesto” e ainda sempre estão fazendo greves. O governo de Michel Temer que está totalmente desacreditado vai acionar as forças de segurança federais para liberar as estradas e as Forças Armadas serão utilizadas para garantir o abastecimento da população. Para isso, será editada uma operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), válida até o dia 4 de junho. A notícia foi dada ontem (25), em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmman, afirmou ainda que o presidente Michel Temer poderá editar um decreto para permitir a requisição de bens, prevista na Constituição, para que alimentos, combustíveis, medicamentos e insumos cheguem à população, em todo o país. Ele acrescentou que os militares têm o respaldo legal para assumir a direção dos caminhões dos grevistas, se assim necessário. “O artigo 5, inciso 25 da Constituição Federal permite a requisição de bens, caso se faça necessário, em condições de pilotar veículo para que o desabastecimento seja contido e voltemos a ter distribuição regular”.

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou que houve redução considerável dos bloqueios de estradas em todo o país. Segundo os números apresentados pelo governo, informados pela PRF, das 938 obstruções e interdições de rodovias, 419 já foram liberadas até este momento. Há ainda 519 pontos de interdições, já parciais, segundo o governo. O ministro admitiu que a liberação ocorre com menos velocidade do que o esperado.

Muitos brasileiros que não são acomodados e não fazem ‘maracutaia’ como muitos donos de postos de combustíveis que escondem o produto e ainda vendem um litro de gasolina a R$ 9, 20. Eles apoiam a greve e acham que o povo na sua totalidade deveria sair em protesto nas ruas Brasileiras.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos