Select Page

Marcas profundas

Enquanto se continua a pensar, agir e aplicar leis ultrapassadas a
sociedade não saíra dessa areia movediça de toma lá da cá.
O ir e vir dentro do Brasil anda desvirtuado e muito mal conduzido,
as perspectivas dentre os mais jovens infelizmente é ir embora para outro
país, com isso vai-se mentes brilhantes. As mudanças que são prometidas
sempre são o revés de atitudes coerente com a necessidade presente, e com
certeza com a ética.
Como sociedade contemporânea tem-se o livre arbítrio tão esquecido
e mal interpretado por alguns, a consciência deste ato deveria ser usado a
favor do coletivismo. Sendo assim, tem-se a escolha de evoluirmos através
do conhecimento através do contra ponto da ignorância.
Tanto se fala em educação que já não se dá muita bola para a torcida
“uniformizada” de plantão nos quatros cantos do país. Na verdade, estamos
de saco cheio desses pseudos senhores do engenho.
A educação mesmo deveria vir em primeiro lugar com bons
exemplos de dentro de casa. Na medida em que, se esquece de básicas
atitudes que poderiam perfeitamente harmonizar as relações interpessoais,
essa mesma educação caseira esquecida está sendo transferida de gerações
para gerações. No que vai dar, só saberemos quando Deus quiser.
O sentido atrasado de uma cultura está cara a cara com aqueles que
se acham tranquilamente acima do bem e do mal. Enquanto isso, o
emburrecimento parece que está sendo a bola da vez em várias condutas. É
muito triste isso.
Um país onde não há regras claras, planejamento, punição aos
infratores, uma visão futurista de dentro para fora e ações relativamente
concretas onde o centro do comprometimento deveria ser o próprio Brasil,
convenhamos, o vale tudo está fazendo a maior festa da paróquia.
É com pesar, uma situação caótica como o país vem vivenciando nos
últimos anos.
Alguns endiabrados vêm plantando e administrando de forma egoísta
e sem qualquer forma de gestão direcionada em beneficio da coletividade.
Portanto, a buscar do ter desesperadamente por alguns sem nenhum
escrúpulo está a deixando a uma desestrutura maléfica e com marcas
profundas.
Para aqueles que se enquadram fora desse turbilhão safado só resta
nunca perder a indignação e partir em tentativas talvez infrutíferas de
ajudar na mudança para todos, com determinação e justiça verdadeira.
Os valores morais e sociais que deveriam ser norteados pelos
fundamentos universais da ética foram jogados sumariamente no lixo. E,
quando alguns supostos detentores de uma língua desvairada usam a ética

como forma de se protegerem de seus atos ilícitos, precisam buscar
urgentemente um estudo mais aprofundado sobre o assunto tão importante
como a ética universal. O resto é tudo boca pra fora, como jogar palavras
ao vento que não indicam caminho algum.
Um Estado fraco provoca um povo fraco, um país injusto e
desorientado.
E já que ninguém nasceu de chocadeira o negócio é tentar sair da
zona de conforto e botar a mão na massa.
Genê Catanozi

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos