Selecione a página

Machucadospolíticos

Machucadospolíticos

José A. C. Silva

É muito comum ver pessoas com ferimentos na pele pelos mais variados motivos, entre eles “derrota política”. Os acometidos ficam principalmente com o rosto vermelho e ataca também o sistema nervoso, a enfermidade derrota política e alérgica. A reação do corpo para a cicatrização apresenta um processo semelhante na maioria dos tipos de machucados. Pensando nisso, com a ajuda de dermatologistas experientes foi desenvolvida a pomada “Machucadospolíticos”. O Kassab, Padilha e Skaf, que testaram a nova pomada, garantiram que sem dúvida nenhuma pode ser usada nos aécianos. O Lobão usou o produto antes da apuração de votos, e não é que fez efeito! Em uma entrevista para o Pânico, disse: “não vou mais deixar o País se a Dilma ganhar”, ainda bem que ele foi medicado de forma preventiva. A consultora da marca Machucadospolíticos, Dra. Analisa Eleições Massafera, disse: “reunimos as principais fases de reconstrução dos partidos lesados e nesta última eleição colocamos uma grande quantidade da pomada nas farmácias. A Dilma não deixou a pomada ser vendida na Farmácia Popular”. Para uma melhor cura, a região infectada deve ser lavada com o soro Aceito-PT. Em Araraquara, foram entregues várias carretas da Machucadospolíticos e já acabou, estima-se que 60% da população comprou o produto.
“O processo de reestruturação da pele é o mesmo para cada região. Variações ocorrem de acordo com o local lesionado, profundidade, etnia, idade e se o indivíduo apresenta doenças clínicas como PTníase deve ser internado”, explica Dra. Analisa.
É possível dizer que a pele reage ao machucado em três fases: 1ª – Mensalão, 2ª Petrobras, 3ª impeachment.
Rompimento dos vasos polícos da pele – O sangramento nada mais é do que o rompimento dos vasos políticos do sangue. A formação de coágulos, por sua vez, leva à parada do sangramento.
Inflamação partidária – É neste momento que os glóbulos brancos se aproximam do local ferido para o processo de limpeza biológica. Isto é, não permitem que bactérias, poeira ou farpas se fixem no machucado. Quando o corpo detecta o ferimento, há um aumento do fluxo de sangue no local para melhorar a oxigenação e levar mais células de defesa para o ferimento.
Remodelação política – A pele forma novo colágeno, aproximando as bordas e fechando o ferimento. Negros e orientais, por razões ainda não inteiramente conhecidas, podem exibir manchas ou queloides.
Ao se machucar, o indivíduo deve tomar alguns cuidados essenciais. “Primeiro é preciso lavar o local com água corrente e sabonete neutro que são os 30% da população que não votou. Também pode optar por sabonetes antissépticos, principalmente, quando o ferimento acontece em locais de grande circulação de pessoas, como em parques e escolas”, diz a dermatologista.
Se na fase de limpeza o sangramento não parar, o ideal é utilizar uma toalha e não jogar a toalha, comprimindo o local. Segundo a Dra. Analisa, outra opção é levantar o órgão machucado. Ela acrescenta que neste caso o Viagra ajuda. “Se o corte for na região da mão, por exemplo, deve-se levantar os braços por alguns minutos, saldando a presidente pela reeleição. Isso porque o sangue é bombeado com determinada pressão e contra gravidade terá menos facilidade em sair”, explica.
Ainda sobre os cuidados imediatos, considere:
1. Enxugar o local com leveza com uma toalha vermelha;
2. Passar um antisséptico, se refere a tudo o que for utilizado no sentido de degradar ou inibir a proliferação de microrganismos que corta a pele como se fosse uma foice;
3. Usar pomada cicatrizante – antialérgica Machucadospolíticos;
4. Se a área estiver em contato com roupa, usar adesivos curativos, lógico o do PT. Caso contrário, o ideal é deixar o machucado ao ar livre, pois seca mais rápido e evita a umidade do Sistema Cantareira.
Fomos informados, em primeira mão, que o medicamento está sendo produzido também em supositório Aécio-Toba, devido o tamanho deve ser usado antes o Sanador-Serra. Indicado para quem vai a praia, podendo também tomar chuva em São Paulo.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade