Selecione a página

Esclarecimento Público: Gastos com folha de pagamento aumentam em quase R$ 900 mil no atual governo

A assessoria do prefeito usou parâmetros diferentes para fazer a comparação entre os números registrados em 2016 e 2017, levando a uma divulgação errônea dos valores gastos com pessoal. O erro se deu ao utilizar a folha líquida do governo Edinho Silva e a folha bruta do governo Marcelo Barbieri. A folha de pagamento líquida […]

Com relação aos números divulgados pela assessoria do prefeito Edinho Silva sobre os gastos com a folha de pagamento da Prefeitura de Araraquara, é importante que se faça o seguinte esclarecimento:

A assessoria do prefeito usou parâmetros diferentes para fazer a comparação entre os números registrados em 2016 e 2017, levando a uma divulgação errônea dos valores gastos com pessoal. O erro se deu ao utilizar a folha líquida do governo Edinho Silva e a folha bruta do governo Marcelo Barbieri.

Esse equívoco cometido pela assessoria passou a falsa ideia de que o valor da folha de funcionários diminuiu no último mês, enquanto que, na verdade, os números são maiores do que os que vinham sendo praticados pelo governo anterior.

A folha de pagamento líquida de fevereiro de 2017 teve um aumento de quase R$ 900 mil com relação à folha líquida referente ao mesmo mês de 2016. Comparando o valor da folha de fevereiro deste ano com o valor registrado em novembro de 2016, o aumento foi ainda maior: R$ 1,5 milhão.

A folha de pagamento líquida de fevereiro deste ano, da gestão do prefeito Edinho Silva, fechou em R$ 14.873.027,03. Já a folha de pagamento líquida de fevereiro de 2016, da gestão do ex-prefeito Marcelo Barbieri, foi de R$ 13.984.185,27.

Os números que a assessoria do atual prefeito divulgou em reportagem deste jornal no último dia 18 são referentes a valores brutos. O valor bruto da folha de pagamento de fevereiro de 2017 foi em torno de R$ 24,5 milhões, enquanto que o valor bruto da folha de pagamento de novembro de 2016 foi de R$ 19,4 milhões.

Somente para deixar mais claro, o valor líquido da folha de pagamento do atual prefeito é maior do que os valores líquidos registrados em todos os meses de 2016. Possíveis questionamentos sobre o aumento de gastos podem ser feitos por órgãos competentes, pois esse não é o intuito desta manifestação, que se fez necessária para desfazer o equívoco e não para tecer críticas à política adotada pelo atual governo.

Delorges Mano
Ex-secretário municipal de Administração

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade