Select Page

A incapacidade de amar



Por_Oscar D’Ambrosio A existência da guerra já é um fato que devia envergonhar cada ser humano. Conflitos como o da Síria, por exemplo, são uma catástrofe para todos. Com o envolvimento de forças militares e paramilitares de diversos países, nunca deveriam ter começado e, no momento que parecem inevitáveis, forças internacionais eficientes e efetivas deveriam […]

Por_Oscar D’Ambrosio

A existência da guerra já é um fato que devia envergonhar cada ser humano. Conflitos como o da Síria, por exemplo, são uma catástrofe para todos. Com o envolvimento de forças militares e paramilitares de diversos países, nunca deveriam ter começado e, no momento que parecem inevitáveis, forças internacionais eficientes e efetivas deveriam ser acionadas.

O documentário ‘Cries from Syria’, dirigido por Evgeny Afineevsky, traz imagens absolutamente alarmantes, que vão desde vítimas de regimes autoritários a feridos em bombardeios, passando por refugiados que buscam escapar e tentam a sorte na Hungria e em outros países

A intolerância a visões diferentes do mundo daquela que o poder instituído deseja enfrentar e o desejo de se manter no comando a qualquer custo são alguns dos motivos de tamanha violência. Mas o maior e mais importante de todos parece ser a
incapacidade de lidar com o outro.

O principal mérito da produção está em dar voz àqueles que são calados pelas circunstâncias. A cena do documentário que filma uma criança explicando a guerra é exemplar nesse aspecto. O que parece ser um jogo é a expressão de uma matança que parece nunca perder a força, pois as rivalidades continuam de múltiplas maneiras. E não se esgotam enquanto o ser humano mantiver a sua capacidade de odiar.

Oscar D’Ambrosio, mestre em Artes Visuais e doutor em Educação, Arte e História da Cultura, é Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos